Queres o Socialimo, ó juventude....pense bem!

Nessa época de eleições, recebemos muitos textos por meio das Redes Sociais, mas esse que reproduzo abaixo me chamou a atenção, pela sua mensagem simples porém de extrema objetividade.

Olha aí, direto da internet mas sem a autoria:

"Nesse período eleitoral, vejo muita gente, jovens em sua maioria, que reagem negativamente à possibilidade de votar em Bolsonaro, optando em grande parte por Amoedo. Justificam tal escolha por seu perfil moderno, liberal, talvez até novo. Alguns também falam em Marina. 

Entretanto, cabe aqui uma análise, fria e pragmática. A primeira pergunta que esse eleitor jovem tem que fazer a si mesmo, antes de escolher candidatos é a seguinte:

Você quer viver num pais declaradamente socialista, como a Venezuela, Cuba, Coreia do Norte etc? 

Responda honestamente, sim ou não?

Se responder sim, pode parar a leitura aqui e seja o que Deus quiser. 

Mas se responder não, você terá que se submeter à lógica e votar em Bolsonaro. Explico: dentre os 4 ou 5 candidatos com REAIS  chances no pleito, ele é o ÚNICO que, declaradamente, por inúmeras vezes, deixou claro o seu objetivo maior ser o de evitar que o Brasil se torne socialista. Na prática, já estamos paulatinamente sendo transformados nisso desde a malfadada Constituição de 88, claramente de viés socialista. Basta atentar para o inchaço do Estado, a desproporção entre direitos e deveres, as dificuldades impostas à livre iniciativa e, finalmente, ao estado assistencialista que visa preservar currais eleitorais. 


Voltando ao Sr Amoedo (à direita na foto), ou ao Sr Flávio Rocha que, também liberal, deixou a corrida presidencial. São, ou melhor, seriam excelentes propostas para o Brasil se, e agora esse SE é crucial, se tivessem chances reais. Mas NÃO TEM. 

Na minha opinião, Bolsonaro está longe de ser o candidato ideal. Tem suas limitações, seu temperamento, sua eventual falta de apoio no congresso etc etc. Seu vice pode não ser o ideal também, enfim, pode ser antipatico para
muitos pela sua origem militar e por aí vai. 

Mas penso que devemos focar no primeiro desafio que seria garantir,  pelo menos uma vez, desde 1985, um governo que não seja claramente , ou dissimuladamente, socialista. A batalha tem sido dura, a imprensa, universidades, meio intelectual estão todos contaminados por essa ideologia. É fato. 

E os arquitetos dessa contaminação, nos últimos governos do PT, juntaram muito dinheiro desviado para financiar isso tudo. Também é fato. Vide operação Lava Jato. 

Sendo assim, ao rejeitar Bolsonaro, ainda que por algum motivo honesto,  e escolher um outro candidato a seu ver melhor, você estará errando. 

Além de não eleger seu escolhido, por não ter chances, ainda tira votos daquele que comunga com você no objetivo maior a curto prazo, qual seja, nos livrar do socialismo. 

Pense nisso. Dê uma chance ao capitalismo de verdade, à meritocracia verdadeira, ao desaparelhamento real do Estado, à Segurança do cidadão nas ruas. Lembre-se da Venezuela aqui perto"

Se quer o socialismo, depois não reclama e que DEUS tenha misericórdia de nós.

Abraços,
             Winston

Comentários